Análise técnica das bulas dos antibióticos utilizados contra tuberculose

Autores

  • Gabriella de Carvalho Madureira Universidade do Estado da Bahia
  • Larissa Comarella Centro Universitário Internacional - UNINTER.

DOI:

https://doi.org/10.18310/2446-4813.2020v6n1p175-186

Palavras-chave:

Medicamentos, Legislação Sanitária, Vigilância Sanitária.

Resumo

Objetivo: Descrever a apresentação das informações presentes nas bulas dos antibióticos utilizados no tratamento da tuberculose conforme as exigências da ANVISA. Metodologia: Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e reflexivo da estrutura e conteúdo das bulas adquiridas através do site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Verificou-se se os itens apresentados são aqueles exigidos pela portaria regulamentadora. As informações destinadas ao paciente foram refletidas, buscando compreender se essas são objetivas, organizadas e escritas numa linguagem compreensível ao público. Resultados: Detectou-se, na estrutura geral, a ausência de alguns tópicos preconizados pela portaria regulamentadora. Na seção de informação aos pacientes notou-se ausência de algumas informações, bem como informações com variado grau de precisão, a exemplo da ausência da ação esperada do medicamento, imprecisão nos cuidados de armazenamento, e uso de frases subjetivas como ‘refeições leves’ e ‘problemas no sangue’. Conclusão: O desenvolvimento desse estudo corrobora com outras pesquisas realizadas, onde algumas exigências legais não foram cumpridas. É possível inferir que as bulas atendem a maioria dos requisitos, porém, necessitam de adequações. Salienta-se a importância dos profissionais de saúde esclarecerem dúvidas sobre o uso desses antibióticos aos seus usuários, e assim contribuir para uma terapia medicamentosa de sucesso.

Biografia do Autor

Gabriella de Carvalho Madureira, Universidade do Estado da Bahia

Graduada em Enfermagem pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Pós Graduada em Vigilância Sanitária pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER).

Larissa Comarella, Centro Universitário Internacional - UNINTER.

Farmacêutica pela Universidade Federal do Paraná. Especialista em Gestão da Assistência Farmacêutica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná. Orientadora de TCC do grupo Uninter.

Referências

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa. Portaria nº 110, de 10 de março de 1997. Brasília, DF:: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 1997. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/hotsite/genericos/legis/portarias/110_97.htm

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa. Resolução da Diretoria Colegiada nº 47, de 08 de setembro de 2009. Brasília, DF:: Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 2009. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33836/2814380/RDC+47+09.pdf/c8e87008-a27d-435e-b137-f51e02e45858

Silva T, Dal-Pizzol F, Bello CM, Mengue SS, Schenkel EP. Bulas de medicamentos e a informação adequada ao paciente. Revista Saúde Pública, 2000[acesso 20 nov 2016];34(2): 184-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v34n2/1955.pdf

Silva JD, Passos MMB, Simas NK, Santos MIS . Qualidade das bulas de fitoterápicos no Brasil. Vigilância Sanitária em Debate, 2016 [acesso 10 dez 2016]; 4(2):56-64. Disponível em https://visaemdebate.incqs.fiocruz.br/index.php/visaemdebate/article/view/677/302

Ministério da Saúde – MS. Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Brasília, DF:: Ministério da Saúde; 2016. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sinannet/cnv/tubercbr.def

Ministério da Saúde – MS. Manual da Tuberculose na Atenção Primária à Saúde. Brasília, DF:: Ministério da Saúde; 2011. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_recomendacoes_controle_tuberculose_brasil.pdf

Downloads

Publicado

2020-07-28

Edição

Seção

Artigo de Revisão