Presença do acompanhante no processo de parto: percepção dos profissionais de saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18310/2446-4813.2020v6n2p25-38

Palavras-chave:

Saúde Coletiva, Saúde Pública, Educação em saúde, Profissionais de saúde, Sistema Único de Saúde, Acolhimento

Resumo

A presença do acompanhante durante o parto ainda enfrenta resistência, pois é vista de forma negativa por muitos profissionais de saúde. Assim, objetivou-se avaliar a percepção desses profissionais sobre a participação do acompanhante no parto.  Realizou-se a análise descritiva, de abordagem qualitativa, de entrevistas semiestruturadas feitas com 12 profissionais de uma maternidade pública. Os dados foram processados no software IRAMUTEQ. Foram apresentadas seis classes: 1-A parturiente vivencia sentimentos de ansiedade e medo, 2-A importância da presença do acompanhante no processo de parto, 3-A participação do acompanhante na humanização do parto, 4-O acompanhante e a sua repercussão na duração do trabalho de parto, 5-O parto sem o acompanhante e 6-Dificuldades para permanência do acompanhante na instituição. O estudo evidenciou que o acompanhamento é relevante para a parturiente. Contudo, são necessárias adequações institucionais e sociais para haver uma assistência obstétrica adequada.

Referências

Dodou HD, Rodrigues DP, Guerreiro EM, Guedes MVC, Lago PN, Mesquita NS. A contribuição do acompanhante para a humanização do parto e nascimento: percepções de puérperas. Esc Anna Nery [Internet]. 2014 [acesso 2015 Set 26]; 18(2): 262-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ean/v18n2/1414-8145-ean-18-02-0262.pdf

Santos LM, Carneiro CS, Carvalho ESS, Paiva MS. Percepção da equipe de saúde sobre a presença do acompanhante no processo parturitivo. Rev. Rene [Internet]. 2012 [acesso 2015 Set 26]; 13(5): 994-1003. Disponível em: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/1157/pdf

Motta CCL, Crepaldi MA. O pai no parto e apoio emocional: a perspectiva da parturiente. Paidéia [Internet]. 2005 [acesso 2015 Set 26]; 15(30): 105-118. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/paideia/v15n30/12.pdf

Lei nº 11.108 de 07 de abril de 2005. Altera a Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, para garantir às parturientes o direito à presença do acompanhante durante o trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília (DF), 8 abr 2005.

Vasconcelos MFF, Martins CP, Machado DO. Apoio institucional como fio condutor do Plano de Qualificação das Maternidades: oferta da Política Nacional de Humanização em defesa da vida de mulheres e crianças brasileiras. Interface (Botucatu). 2014; 18(1): 997-1011.

Santos JO, Tambellini CA, Oliveira SJV. Presença do acompanhante durante o processo de parturição: uma reflexão. Rev. Min. Enferm [Internet]. 2011 [acesso 2015 Set 27]; 15(3): 453-8. Disponível em: http://bases.bireme.br/cgi-bin/wxislind.exe/iah/online/?IsisScript=iah/iah.xis&src=google&base=BDENF&lang=p&nextAction=lnk&exprSearch=20411&indexSearch=ID

Fontanella BJB, Ricas ALO, Turato ER. Amostragem por saturação em pesquisas qualitativas em saúde: contribuições teóricas. Cad Saúde Pública. 2008 Jan; 24(1): 17-27.

Camargo BV, justo, AM. Tutorial para uso do software de análise textual IRAMUTEQ. Florianópolis (SC): Universidade Federal de Santa Catarina, 2013. 18 p.

Reinert, M. Alceste: une methologie d’analyse dês donnees textualles et une application. Paris (FR): Bulletin de Méthodologie Sociologique, 1990; 28: 24-54.

Pereira RR, Franco SC, Nelma Baldin N. A Dor e o Protagonismo da Mulher na Parturição. Rev Bras Anestesiol [Internet]. 2011 [acesso 2015 Out 5]; 61(3): 376-88. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rba/v61n3/v61n3a14.pdf

Velho MB, Santos EKA, Collaço VS. Parto normal e cesárea: representações sociais de mulheres que os vivenciaram. Rev Bras Enferm [Internet]. 2014 [acesso 2015 Out 5]; 67(2): 282-9. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v67n2/0034-7167-reben-67-02-0282.pdf

Frutuoso LD, Brüggemann OM. Conhecimento sobre a Lei 11.108/2005 e a experiência dos acompanhantes junto à mulher no centro obstétrico. Texto Contexto Enferm. 2013; 22(4) :909-17.

Takemoto AY, Corso MR. Parto humanizado e a assistência de enfermagem: uma revisão da literatura. Arq. Ciênc. Saúde UNIPAR. 2013 [acesso 2015 Out 23]; 17(2): 117-27. Disponível em: http://revistas.unipar.br/saude/article/download/5002/2912

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Gravidez, parto e nascimento com saúde, qualidade de vida e bem-estar. 1ª ed. Brasília, DF: Editora do Ministério da Saúde, 2013.

Brüggemann OM, Ebsen ES, Oliveira ME, Gorayeb MK, Ebele RR. Motivos que levam os serviços de saúde a não permitirem acompanhante de parto: discursos de enfermeiros. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2014 [acesso 2015 Out 23]; 23(2): 270-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-07072014000200270&script=sci_arttext&tlng=pt

D'Orsi E, Brüggemann OM, Diniz CSG, Aguiar JM, Gusman CR, Torres JA, et al. Desigualdades sociais e satisfação das mulheres com o atendimento ao parto no Brasil: estudo nacional de base hospitalar. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2014 [acesso 2015 Nov 7]; 30: S154-68. Disponível em: http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2014000700021

Diniz CSG, D'Orsi E, Domingues RMSM, Torres JA, Dias MAB, Schneck CA, et al. Implementação da presença de acompanhantes durante a internação para o parto: dados da pesquisa nacional Nascer no Brasil. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2014 [acesso 2015 Nov 7]; 30(1): S140-3. Disponível em: http://www.scielosp.org/pdf/csp/v30s1/0102-311X-csp-30-s1-0140.pdf

Costa Júnior PB, Carvalho IS, Macedo JBPO. Condições institucionais desfavoráveis à presença do acompanhante: a visão dos enfermeiros. J. res.: fundam. Care [Internet]. 2013 [acesso 2015 Nov 16]; 5(4): 671-80. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2354/pdf_944http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/2354/pdf_945

Souza TG, Gaíva MAM, Modes PSSA. A humanização do nascimento: percepção dos profissionais de saúde que atuam na atenção ao parto. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2011 [acesso 2015 Nov 16]; 32(3): 479-86. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472011000300007

Longo CSM, Andraus LMS, Barbosa MA. Participação do acompanhante na humanização do parto e sua relação com a equipe de saúde. Rev. Eletr. Enf. 2010; 12(2): 386-91.

Downloads

Publicado

2020-09-23

Como Citar

Sousa, J. E., Martins, J. D., Lopes, R. M. de A. L., Silva, R. S. de S., da Silva, K. N. G., & Torres, M. V. (2020). Presença do acompanhante no processo de parto: percepção dos profissionais de saúde. aúde m edes, 6(2), 25–38. https://doi.org/10.18310/2446-4813.2020v6n2p25-38

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.