ATLAS DE MEDICINA LEGAL: UM RECURSO PARA A APRENDIZAGEM EM UM CURSO DE DIREITO

Ivan Raphael Ferreira Jordão, Carlos Alberto Sanches Pereira, Ana Paula Cunha Pereira, Lucas Peres Guimarães

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo elaborar um de aprendizagem para o curso de Medicina Legal propondo o estabelecimento de inovações no desenho dos métodos de aprendizagem dos alunos do terceiro período do curso de Direito de uma universidade privada no Estado do Rio de Janeiro. O material elaborado foi um Atlas de Medicina Legal, que propõe a expansão da possibilidade de aprendizagem através de exposição a imagens aos graduandos em Direito, como processo de apreensão dos apontamentos essenciais da Medicina Legal, normalmente restrita a atividades presenciais, limitando possibilidades do debate, essencial no estudo e o alcance do efetivo conhecimento pelos discentes. O material proposto demanda que os alunos utilizem as informações sobre a origem de cada um dos conceitos apresentados no Atlas sobre Medicina Legal, formem o primeiro conjunto de dados empíricos que ratifica o potencial dessa nova abordagem. Esta proposta se soma aos procedimentos já tradicionais de leitura e avaliação para fins de aprendizagem. Um resultado associado ao procedimento proposto foi a possibilidade do professor também avaliar o seu plano de ensino, verificando como os alunos poderão articular e concentrar os conceitos apresentados pelas imagens, formulando, ao final, um atlas com todo o conteúdo aplicado em sala de aula, além da complementação pesquisada, formulando e instruindo uma associação do meio jurídico à Medicina Legal.


Texto completo:

PORTUGUÊS


DOI: https://doi.org/10.18310/2446-4813.2021v7n2p%25p

DOI (PORTUGUÊS): https://doi.org/10.18310/2446-48132021v7n2.2774g703

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Saúde em Redes (ISSN 2446-4813) foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, período de sua criação, no estrato B1 na área de Ensino, no estrato B4 nas áreas de Enfermagem, Interdisciplinar, Psicologia, Saúde Coletiva e Serviço Social e no estrato B5 nas áreas de Geociências e Medicina II. A Saúde em Redes é indexada na Base LILACS.

Indexada no LatindexDiadorim; Google Acadêmico; DOAJ; COLECIONASUS