Determinantes históricos e políticos na relação entre serviço social e saúde pública

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18310/2446-4813.2021v7n2p149-158

Palavras-chave:

Saúde Pública, Serviço Social, Determinantes Históricos e Políticos

Resumo

Este estudo é fruto de uma revisão teórica sobre a Política de Saúde e sua relação com o Serviço Social a partir de reflexões críticas frente à relação histórica e política da profissão com a Política de Saúde. Objetivou-se trazer um debate sobre a saúde enquanto direito social, conquista da classe trabalhadora e suas implicações na história, na formação e na prática profissional dos assistentes sociais no Brasil, através de uma discussão teórica sobre os fatos históricos e políticos que contribuíram para a modificação da profissão. Aborda-se uma contextualização da política de saúde e do Serviço Social no Brasil. Para este trabalho foram consultadas bibliografias sobre o tema em tela, trazendo uma avaliação do material já produzido, deixando reflexões sobre a relação histórica e política do Serviço Social com a Saúde no Brasil.

Biografia do Autor

Gladson Rosas Hauradou, Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ). Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Assitente Social. Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal do Amazonas (2016). Professor do corpo docente do Colegiado Curso de Serviço Social do Instituto de Ciências Sociais, Educação e Zootecnia (ICSEZ) da Universidade Federal do Amazonas em Parintins. Atualmente desenvolve pesquisas sobre o Serviço Social, política de saúde, a relação saúde e mineração na Amazônia brasileira, educação, educação especial na perspectiva da educação inclusiva e está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) como estudante de doutorado. Bolsista da Coordenação de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (FAPEAL). 

Wallace Santos Batista, Secretaria Municipal de Saúde de Terra Santa/PA.

Assistente Social (Ufam). Especialista em Atenção Integral em Ortopedia e Traumatologia pelo Programa de Residência Multiprofissional da Universidade do Estado do Pará - Uepa. Secretaria Municipal de Saúde de Terra Santa/PA.

José Natalino de Sousa Lima, Diocese de Parintins - Hospital Padre Colombo.

Licenciado em História (UEA). Bacharel em Serviço Social (Ufam). Especialista em Saúde Coletiva com Concentração em Gestão de Sistemas em Saúde - UFBA. Diocese de Parintins - Hospital Padre Colombo.

Referências

Severino AJS. Metodologia do Trabalho Científico. 26ª. ed. São Paulo: Cortez; 2000.

Marconi MA, Lakatos EM. Fundamentos de Metodologia Cientifica. 6. ed. – São Paulo: Atlas; 2009.

Bravo MIS. Saúde e Serviço Social no Capitalismo: fundamentos sócio-históricos. São Paulo: Cortez, 2013.

Bravo MIS. Política de Saúde no Brasil. In: Serviço Social e Saúde: Formação e trabalho profissional. 2° Ed. São Paulo: OPAS, OMS, Ministério da Saúde; 2006.

Silva JCM. O trabalho do Assistente Social no Sistema Único de Saúde. Faculdades Integradas “Antônio Eufrásio de Toledo” de Presidente Prudente-SP, 2013.

Iamamoto MV. Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social São Paulo: Cortez; 2008.

Estevão AMR. O que é Serviço Social. (Coleção primeiros passos; III). 6ª Ed. De 1992, São Paulo: Brasiliense; 2006.

Bravo MIS, Matos MC. Reforma Sanitária e Projeto Ético- Político do Serviço Social: Elementos para o Debate. In: Saúde e Serviço Social BRAVO, M. I. Set alli (Orgs). São Paulo: Cortez; Rio de Janeiro: UERJ; 2004.

Behring ER. Política social: Fundamentos e história. 5ª ed. São Paulo: Cortez; 2009.

Silva Junior AG, Alves CA. Modelos assistenciais em saúde. In: Morosini MVGC, Corbo ADA (Orgs). Modelos de atenção e a saúde da família. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz; 2007.P. 27-41 [acesso em ‎2016 ‎ago 30]. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br/index.php?Area=Material&MNU=&Tipo=1.

Polignano, MV. História das políticas de saúde no Brasil: Uma pequena revisão. In: Cury GE et al. Cadernos do Internato Rural. Depto de Medicina Preventiva e Social. Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais: BH; 2000.

Pinheiro V. Reforma da previdência: uma perspectiva comparada. In: Giambagi F, Reis JG, Urani A. Reformas no Brasil: Balanço e agenda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 2004.

Paim, J. O que é o SUS? Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2009. 148 p (Coleção Temas em Saúde)

Brasil. Ministério da Saúde. Resolução Nº 218, de 06 de março de 1997. [Internet] 1997 [acesso em 2016 maio]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/1997/res0218_06_03_1997.html.

Cress. Parâmetros para a Atuação de Assistentes Sociais na Saúde. [Internet] 2009 [acesso em 2016 jun]. Disponível em: http://www.cressrs.org.br/arquivos/documentos/%7B3412879E-C2CC-4367-9339-847E62E3E82E%7D_parametros_saude.pdf.

Downloads

Publicado

2021-07-22

Edição

Seção

Artigos Originais