Determinantes históricos e políticos na relação entre serviço social e saúde pública

Gladson Rosas Hauradou, Wallace Santos Batista, José Natalino de Sousa Lima

Resumo


Este estudo é fruto de uma revisão teórica sobre a Política de Saúde e sua relação com o Serviço Social a partir de reflexões críticas frente à relação histórica e política da profissão com a Política de Saúde. Objetivou-se trazer um debate sobre a saúde enquanto direito social, conquista da classe trabalhadora e suas implicações na história, na formação e na prática profissional dos assistentes sociais no Brasil, através de uma discussão teórica sobre os fatos históricos e políticos que contribuíram para a modificação da profissão. Aborda-se uma contextualização da política de saúde e do Serviço Social no Brasil. Para este trabalho foram consultadas bibliografias sobre o tema em tela, trazendo uma avaliação do material já produzido, deixando reflexões sobre a relação histórica e política do Serviço Social com a Saúde no Brasil.


Palavras-chave


Saúde Pública, Serviço Social, Determinantes Históricos e Políticos

Texto completo:

PORTUGUÊS

Referências


Severino AJS. Metodologia do Trabalho Científico. 26ª. ed. São Paulo: Cortez; 2000.

Marconi MA, Lakatos EM. Fundamentos de Metodologia Cientifica. 6. ed. – São Paulo: Atlas; 2009.

Bravo MIS. Saúde e Serviço Social no Capitalismo: fundamentos sócio-históricos. São Paulo: Cortez, 2013.

Bravo MIS. Política de Saúde no Brasil. In: Serviço Social e Saúde: Formação e trabalho profissional. 2° Ed. São Paulo: OPAS, OMS, Ministério da Saúde; 2006.

Silva JCM. O trabalho do Assistente Social no Sistema Único de Saúde. Faculdades Integradas “Antônio Eufrásio de Toledo” de Presidente Prudente-SP, 2013.

Iamamoto MV. Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social São Paulo: Cortez; 2008.

Estevão AMR. O que é Serviço Social. (Coleção primeiros passos; III). 6ª Ed. De 1992, São Paulo: Brasiliense; 2006.

Bravo MIS, Matos MC. Reforma Sanitária e Projeto Ético- Político do Serviço Social: Elementos para o Debate. In: Saúde e Serviço Social BRAVO, M. I. Set alli (Orgs). São Paulo: Cortez; Rio de Janeiro: UERJ; 2004.

Behring ER. Política social: Fundamentos e história. 5ª ed. São Paulo: Cortez; 2009.

Silva Junior AG, Alves CA. Modelos assistenciais em saúde. In: Morosini MVGC, Corbo ADA (Orgs). Modelos de atenção e a saúde da família. Rio de Janeiro: EPSJV/Fiocruz; 2007.P. 27-41 [acesso em ‎2016 ‎ago 30]. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br/index.php?Area=Material&MNU=&Tipo=1.

Polignano, MV. História das políticas de saúde no Brasil: Uma pequena revisão. In: Cury GE et al. Cadernos do Internato Rural. Depto de Medicina Preventiva e Social. Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais: BH; 2000.

Pinheiro V. Reforma da previdência: uma perspectiva comparada. In: Giambagi F, Reis JG, Urani A. Reformas no Brasil: Balanço e agenda. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; 2004.

Paim, J. O que é o SUS? Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2009. 148 p (Coleção Temas em Saúde)

Brasil. Ministério da Saúde. Resolução Nº 218, de 06 de março de 1997. [Internet] 1997 [acesso em 2016 maio]. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/1997/res0218_06_03_1997.html.

Cress. Parâmetros para a Atuação de Assistentes Sociais na Saúde. [Internet] 2009 [acesso em 2016 jun]. Disponível em: http://www.cressrs.org.br/arquivos/documentos/%7B3412879E-C2CC-4367-9339-847E62E3E82E%7D_parametros_saude.pdf.




DOI: https://doi.org/10.18310/2446-4813.2021v7n2p%25p

DOI (PORTUGUÊS): https://doi.org/10.18310/2446-48132021v7n2.3217g656

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Saúde em Redes (ISSN 2446-4813) foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, período de sua criação, no estrato B1 na área de Ensino, no estrato B4 nas áreas de Enfermagem, Interdisciplinar, Psicologia, Saúde Coletiva e Serviço Social e no estrato B5 nas áreas de Geociências e Medicina II. A Saúde em Redes é indexada na Base LILACS.

Indexada no LatindexDiadorim; Google Acadêmico; DOAJ; COLECIONASUS