Saúde, resistências, defesa do SUS e o ensino da saúde: desafios que atualizam o 14º Congresso Internacional da Rede Unida em tempos de pandemia

Alcindo Antônio Ferla, Túlio Batista Franco

Resumo


O ensaio faz uma reflexão da oportunidade da realização do 14º Congresso Internacional da Rede Unida no formato virtual decorrende do efeito da pandemia de COVID-19. Destaca a atualidado do slogan Saúde é Vida em Resistência: traçando caminhos com o SUS. Atualidade sobretudo no que se refere à defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), de uma ação territorial de produção da saúde e do ensino da saúde que desenvolva a capacidade de aprender a aprender, conforme definem as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos da área da saúde.

Palavras-chave


Ensino das profissões da saúde; trabalho em saúde; educação permanente em saúde; defesa do SUS.

Texto completo:

PORTUGUÊS

Referências


Ferla A, Martino A, Merhy EL, Baptista GC, Schweickardt JC, Nicoli MA, Pereira MGA, Ferreira MR, Orozco-Valadares MA, Ceccim RB, Franco TB. Um paradoxo civilizatório: a pandemia como desafio ao ensino e trabalho na saúde e como afirmação das vidas. Saúde em Redes. 2020;6(Supl.2):1-6. DOI: https://doi.org/10.18310/2446-48132020v6n2.3215g478.

Metzl JM, Maybank A, De Maio F. Responding to the COVID-19 Pandemic: The Need for a Structurally Competent Health Care System. JAMA. 2020; 324 (3): 231-232. https://jamanetwork.com/journals/jama/fullarticle/2767027?widget=personalizedcontent&previousarticle=0. doi: 10.1001/jama.2020.9289.

Krenak AAL. Saúde! Um negócio de outro mundo. Em: MERHY, Emerson Elias; MOEBUS, Ricardo Luiz Narciso. Re-existir na diferença. Porto Alegre: Editora Rede Unida, 2020. (Coleção Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde). E-book. ISBN 978-65-87180-13-7.

Santos M. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. 6ª Ed. Rio de Janeiro: Record, 2001.

Ceccim RB, Ferla AA. Educação e saúde: ensino e cidadania como travessia de fronteiras. Trabalho, Educação e Saúde, 2008; 6(3), 443-456. https://doi.org/10.1590/S1981-77462008000300003

Franco TB, Merhy EE. Cartografias do Trabalho e Cuidado em Saúde. Tempus - Actas de Saúde Coletiva. 2012; 6(2): 151-163. https://doi.org/10.18569/tempus.v6i2.1120.

Ferla AA, Trepte RF, Schweickardt JC, Lima RTS, Martino A. Os (des)encontros da pesquisa no tempo-espaço amazônico: um ensaio sobre produção de conhecimento como abertura à aprendizagem. Saúde em Redes. 2016; 2(3): 241 241-261. Disponível em: http://revista.redeunida.org.br/ojs/index.php/rede-unida/article/view/773/pdf_46

Lalonde M. A new perspective on the health of Canadians. A working document. Ottawa: Government of Canada, 1974. Disponível em https://www.phac-aspc.gc.ca/ph-sp/pdf/perspect-eng.pdf.

Torres V. Vanílson Torres: “Se houver políticas públicas as pessoas sairão da situação de rua”. Entrevista com Jana Sá. Agência Saiba Mais, 26 de abril de 2020. Disponível em https://www.saibamais.jor.br/vanilson-torres-se-houver-politicas-publicas-as-pessoas-sairao-da-situacao-de-rua.




DOI: https://doi.org/10.18310/2446-4813.2020v6n2p%25p

DOI (PORTUGUÊS): https://doi.org/10.18310/2446-48132020v6n2.3318g508

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Saúde em Redes foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, período de sua criação, no estrato B1 na área de Ensino, no estrato B4 nas áreas de Enfermagem, Interdisciplinar, Psicologia, Saúde Coletiva e Serviço Social e no estrato B5 nas áreas de Geociências e Medicina II. Novidade 2019: a Saúde em Redes foi aprovada para indexação na Base LILACS.

Indexada no LatindexDiadorimDOAJ; COLECIONASUS