REAÇÕES CORPORAIS A IMAGENS DE MOVIMENTOS DA COLUNA LOMBAR EM PARTICIPANTES COM E SEM DOR LOMBAR CRÔNICA

Valdilene Lima de Almeida, Kerollane Pereira de Araujo Dias, Mariana Fonseca Vaz, Natália Correia da Silva Ramos, Felipe José Jandre dos Reis, Luis Aureliano Imbiriba, Tiago Arruda Sanchez, Adriana Ribeiro de Macedo

Resumo


INTRODUÇÃO: A dor lombar crônica (DLC) é um distúrbio musculoesquelético comum que gera impactos pessoais e socioeconômicos. A DLC pode decorrer de experiências afetivas através de componentes motivacionais ou defensivos que influenciam o sistema de controle motor, via circuitos corticais e subcorticais, que estabelecem uma conexão entre a emoção e o sistema de controle motor. OBJETIVO: Observar a influência de estímulos visuais contendo imagens de movimentos ou atividades geralmente temidas ou evitadas pelos pacientes (imagens dolorosas") sobre o controle postural e o sistema autonômico de participantes com DLC. Comparar as reações fisiológicas de indivíduos com e sem DLC. Serão também utilizadas para controle imagens aversivas (mutilados) e neutras (objetos), permitindo verificar se o padrão de resposta fisiológica se assimila ao obtido com imagens neutras ou aversivas nos grupos com e sem DLC. ". METODOLOGIA: Participarão desse experimento dois grupos: Dor Lombar e Controle, pareados por idade. Serão utilizadas imagens neutras e aversivas do IAPS e imagens dolorosas do Phoda-Sev, que serão exibidas pelo software Presentetion. O sinal posturográfico será obtido através da plataforma de força AccSway Plus (AMTI) e digitalizado com o auxílio do software Balance Clinic. Serão coletados os sinais de eletrocardiograma e pletismografia torácica através do sistema BIOPAC, permitindo acessar parâmetros como frequência cardíaca e respiratória e de variabilidade da frequência cardíaca. Após a coleta dos sinais fisiológicos sob influência das imagens, as imagens serão classificadas pelos participantes através do Self-Assessment Manikin (SAM), que classifica subjetivamente as emoções em relação aos domínios prazer (agradável/desagradável), alerta (alerta/relaxado) e dominância. A aplicação dos seguintes questionários e escalas precederá a coleta dos sinais fisiológicos: Visual Analógica (EVA); Catastrofização da Dor (PCS); Tampa de Cinesiofobia (TSK); Start Back Screening Tool (SBST) e Afeto Positivo e Afeto Negativo (PANAS). Será analisada a correlação entre as escalas e os parâmetros fisiológicos. O teste Kolmorogov-Smirnov será utilizado para verificar se as variáveis apresentam distribuição normal. Para a caracterização dos dados será utilizado a análise descritiva (média e desvio-padrão). A comparação entre os resultados, considerando os grupos de imagens e os voluntários com e sem dor lombar será realizada ANOVA two-way seguida de pós-teste paramétrico ou não paramétrico, dependendo da distribuição dos dados. RESULTADO: Foram feitas a seleção dos questionários, a programação em Excel para a seleção das imagens neutras e aversivas do IAPS, a seleção das imagens do PHODA-Sev que mais afetam os pacientes com dor lombar (nocividade) e o ajuste da programação para a passagem automática e no tempo pré-estabelecido das imagens a serem utilizadas, de forma randômica entre os 3 blocos (dolorosas, neutras e aversivas) e dentro do mesmo bloco. Foi concluída a etapa de padronização do processo de classificação das imagens (pós coleta fisiológica) através do SAM. CONCLUSÃO: Foi feita a seleção dos materiais e a padronização das etapas das coletas. Os próximos passos serão o treinamento dos alunos de iniciação científica para a coleta de dados e a realização do estudo piloto.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.