PET-SAÚDE/UNIFESO NO DESENVOLVIMENTO DE LINHAS DE CUIDADO" NA ESTRATÈGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: UM DISPOSITIVO POTENCIAL PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM FISIOTERAPIA"

Marcos Felipe Marinho Correa, Paulo Cézar dos Santos Souza, Raísa Pereira, Helena Duarte Conceição, Andrea Serra Graniço, Vinicius Baltar de Araujo Evely Evangelista Passo, Alba Barros Souza Fernandes

Resumo


INTRODUÇÃO: O processo de formação de recursos humanos em saúde exige que haja mudanças potenciais na formação acadêmica, a fim que se possa haver a superação do modelo flexneriano, biomédico e centrado na doença, induzindo assim a um processo formativo para que este esteja direcionado para produção do cuidado em saúde, desenvolvido a partir de uma perspectiva interdisciplinar por meio do desenvolvimento de linhas de cuidado imbuídas dos princípios da humanização, do acolhimento e da qualidade. OBJETIVO: O estudo busca analisar as práticas inovadoras na formação para o SUS desenvolvidas pelo Pet-Saúde/Unifeso no desenvolvimento de competências e habilidades no processo de formação profissional do fisioterapeuta. METODOLOGIA: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, do tipo obervação participante. RESULTADO: Foram construída 1 (uma) categoria de análise com subcategorias internas a cada uma, como se segue para obter uma melhor sistematização das idéias desenvolvidas durante a pesquisa:1. As experiências vivenciadas na construção de linhas de cuidado através do Pet-Saúde e a suas possíveis contribuições na formação acadêmica: 1.1. Competências e 1.2. Habilidades. CONCLUSÃO: Em conformidade com o estudo realizado observou-se que o desenvolvimento do PET-Saúde possibilitou a construção de competências/habilidades no processo de formação profissional do fisioterapeuta tais como: interdisciplinaridade; produção do cuidado; desenvolvimento de tecnologias leves. Nesse sentido, o Pet-Saúde/Unifeso possibilitou que as linhas de cuidado desenvolvidas potencializassem mudanças pedagógicas no desenvolvimento do estágio curricular de Fisioterapia fossem pautadas valorizando as ações do cuidar em Fisioterapia pautadas pela integralidade do cuidado em saúde no processo de formação profissional.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.