MALANDRAMENTE CONSCIENTE UM PROGRAMA DE ARTICULAÇÃO ENTRE A UNIVERSIDADE, SERVIÇOS DE SAÚDE E COMUNIDADE PARA A PROMOÇÃO DA SAÚDE DO ESCOLAR

Themis Goretti Moreira Leal de Carvalho, Milene Almeida Ribas

Resumo


INTRODUÇÃO: Este relato de experiência trata-se do projeto Pibex/Unicruz- ano de 2016, com objetivo central, a educação entre pares, ampliando e desenvolvendo estratégias de promoção da saúde, em três eixos temáticos: sexualidade, álcool, tabaco e outras drogas. Dando ênfase para a cultura da paz por meio do desenvolvimento articulado de ações intersetoriais e transdisciplinares no âmbito das escolas e das unidades básicas de saúde. Projeto vinculado ao Núcleo de Pesquisa em Saúde Coletiva da UNICRUZ, no qual os acadêmicos do curso de Fisioterapia em parceria com GGM/SPE de Tupanciretã/RS, realizaram atividades de ensino, extensão e pesquisa, centradas no conceito ampliado de saúde, na integralidade e na produção de cidadania da comunidade escolar. Abrangeu 11 escolas municipais e estaduais da zona urbana de Tupanciretã/RS. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Inicialmente um estudo de avaliação com delineamento descritivo, do tipo de inquérito, foi realizado com dados primários coletados a partir de um questionário estruturado, aplicado aos alunos matriculados no ensino fundamental do 6º ao 9º ano e alunos do ensino médio no ano de 2016. Totalizando 1.370 alunos envolvidos. A partir dos resultados, atividades aconteceram nas escolas e nas ESF- Estratégia de Saúde da Família de referência de cada escola, através de oficinas pedagógicas, orientações individuais e em grupos, com a participação efetiva de todos os atores. Os acadêmicos do Curso de Fisioterapia, disciplina de Fisioterapia na Promoção e Proteção da Saúde, capacitados em sala de aula, elaboraram todas as atividades que foram desenvolvidas com os alunos das escolas públicas, através do projeto "Malandramente Consciente". Teve-se a oportunidade de trabalhar, na prática, conceitos como beneficência, não maleficência, autonomia, paternalismo, direitos e deveres, ética, discriminação, entre outros. Na culminância do projeto realizamos uma atividade maior que envolveu toda a comunidade escolar e teve a participação dos acadêmicos do Centro de Ciências da Saúde e Agrárias (CCSA), cursos de Enfermagem, Biomedicina, Cosmetologia e Estética. Os alunos tiveram como referência uma tríade de acompanhamento, envolvendo o Grupo Gestor Municipal - GGM/SPE, a escola e a ESF. IMPACTOS: Este projeto traz grandes e significativas contribuições, tanto para a comunidade escolar, para os acadêmicos da UNICRUZ, como também para a saúde pública do município de Tupanciretã/RS. Através das ações buscamos determinar o conhecimento, as atitudes e a prática dos alunos, referente a sexualidade, álcool, tabaco e outras drogas, temas estes que precisam serem modificados para a melhora dos dados epidemiológicos do município. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Um ponto de partida foi á ideia de oferecer uma prática interdisciplinar, buscando propiciar experiências em que os acadêmicos percebam como um conhecimento depende do saber de distintas áreas e trabalhem um cotidiano que enfatize o senso de autonomia. Por sua vez, tendo em vista que, juntamente com a sexualidade, o álcool e o cigarro e outras drogas, cujo primeiro contato é precoce, reforça-se a necessidade de medidas preventivas e de promoção da saúde ainda no período escolar.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.