RELATO DE EXPERIÊNCIA: O USO DO ARCO DE MAGUEREZ COMO METODOLOGIA NA CONSTRUÇÃO DE UM PROJETO DE INTERVENÇÃO NA SINDROME DA FIBROMIALGIA

Kionara Carollynne Portela Macêdo Brito, Anaysa Cunha Alves, Gerlane dos Santos Bezerra, João Barsi Neto, Aliceana Ramos Romão de Menezes Araújo, Olivia Galvão Lucena Ferreira

Resumo


INTRODUÇÃO: A fibromialgia é uma síndrome dolorosa na qual se manifestam sintomas como dor difusa, fadiga, sono não reparador e diminuição da capacidade cardiorrespiratória, reduzindo significativamente a qualidade de vida das pessoas sujeitas a ela. Já o climatério é uma fase biológica da vida mulher que também apresenta manifestações especificas como fogachos, insônia e depressão que também são fatores que afetam a qualidade de vida do individuo. Estudos recentes afirmam que existe uma exacerbação da dor nas mulheres fibromialgicas nesse período. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: O projeto integrador é uma das atividades curriculares utilizadas como estratégia pedagógica do Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ) a fim de viabilizar a articulação de saberes. No 6¡ período letivo, do curso de Fisioterapia, é proposto que os discentes identifiquem uma situação problema e elaborem um Plano de Intervenção para esta utilizando como metodologia o Arco de Maguerez, que é um meio para se trabalhar conteúdos através da resolução de problemas reais. O plano de intervenção foi realizado na Clínica Escola de Fisioterapia do UNIPÊ, na cidade de João Pessoa - PB, no período de outubro a dezembro de 2016, através da avaliação de pacientes diagnosticadas com Fibromialgia, com idade de 40 a 60 anos que estavam vivenciando o período do climatério. Na primeira abordagem foi assinado o Termo de Consentimento Livre Esclarecido (TCLE) e realizada avaliação fisioterapêutica, onde foram observadas as características sóciodemográficas e clínicas da população estudada. Além disso, foram aplicados questionários que avaliam a dor, capacidade funcional, qualidade de vida e do sono das voluntárias. Em seguida, com base em pesquisas bibliográficas que apontavam as melhores formas de treinamento para pacientes com a síndrome fibromiálgica que estão vivenciando o período do climatério, foi construído um protocolo de treinamento aeróbio na piscina aquecida, como método de intervenção. Com base nos achados, elegeu-se a piscina aquecida como local a se realizar a terapia, pois a literatura mostra que a água aquecida possui efeitos terapêuticos que promovem relaxamento muscular pela redução da tensão, diminuição dos espasmos musculares e redução da sensibilidade á dor. IMPACTOS: A busca por evidências terapêuticas para tratar a síndrome da fibromialgia associada á fase climatérica, trás aos profissionais fisioterapeutas um melhor direcionamento para suas práticas com esse público-alvo através da ampliação do conhecimento científico de maneira crítica e reflexiva, bem como promove melhora na funcionalidade e qualidade de vida da população que convive com esta síndrome. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O Plano de Intervenção ampliou a visão dos discentes permitindo-os agir de maneira critica e reflexiva diante da problemática encontrada, o treinamento aeróbio resistido na piscina aquecida mostrou ser uma terapêutica efetiva no tratamento desta população, já que os resultados foram significativos na melhora do quadro álgico, redução do impacto da doença na qualidade de vida e do sono destas. Além disso, sugerimos que as mulheres com a síndrome da fibromialgia na fase climatérica que realizam atividades físicas frequentemente possuem uma melhor qualidade de vida, já que após a intervenção obtiveram melhores resultados quando comparadas as sedentárias.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.