A APROXIMAÇÃO DA DOCÊNCIA VIA PROGRAMA DE MONITORIA

Vinícius Baltar de Araújo, Andréa Serra Graniço, Flávia Mazzoli Rocha

Resumo


INTRODUÇÃO: A monitoria compreende um programa institucional de apoio pedagógico que possibilita aos acadêmicos a oportunidade de aprofundar conhecimentos e solucionar eventuais dificuldades relacionadas á sua área de atuação, inserindo-o em ensino, pesquisa e extensão. Por se tratar de uma atividade que propicia vivência na docência, a monitoria contribui para o crescimento profissional, desenvolvendo habilidades, competências e posturas necessárias para o exercício da profissão no ensino e na assistência. Para inclusão do estudante na monitoria, o mesmo se candidata conforme interesse e afinidade com a área de conhecimento, de acordo com o edital publicado anualmente. O discente aprovado, por meio de avaliações teóricas e práticas, análise curricular e entrevista, dedicará 8 horas semanais para atividades relacionadas ao projeto de monitoria, iniciação científica e extensão. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: O Módulo Fisioterapia no Paciente Crítico e Unidade de Terapia Intensiva oferece subsídios teórico-práticos para o adequado aprendizado referente ao paciente crítico e ás enfermidades frequentes, bem como avaliação fisioterapêutica, fisiodiagnóstico e prescrição de recursos utilizados em paciente de alta complexidade. Por ser uma área de conhecimento complexa, o programa de monitoria neste módulo torna-se ainda mais relevante, no qual o professor é um intermediador de conhecimento, cabendo ao estudante o aprofundamento dos assuntos abordados. Nesse sentido, o monitor atua subsidiando o processo ensino-aprendizagem e resgatando as potencialidades de cada aluno, refletindo suas dúvidas e tornando-o ativo nesse processo de aprendizagem. Neste edital, duas vagas foram disponibilizadas, proporcionando a interação monitor-monitor. IMPACTOS: Durante minha vivência, presenciei o desinteresse na monitoria por muitos discentes (presença em torno de 8%). Um maior interesse existia nos períodos próximos ás avaliações. Apesar disto, foi possível conquistar uma boa relação interpessoal com os poucos estudantes presentes, auxiliando na melhora do desempenho destes. Com o intuito de estimular a participação dos estudantes na monitoria, propus á coordenadora do projeto uma estratégia que permitia ao discente a realização das atividades propostas em domicílio e de acordo com sua disponibilidade, trazendo posteriormente para discussão. Entretanto, apenas dois estudantes aderiram. Possivelmente, esta baixa aderência pode ter contribuído para o baixo rendimento de aproximadamente 50% dos estudantes nas avaliações, visto que a monitoria auxilia na sedimentação de conhecimento. Paralelamente, percebi moderada necessidade de atualizar e aprofundar meus conhecimentos sobre o tema, permitindo um melhor aproveitamento da experiência e um aperfeiçoamento contínuo. Diante disto, tal vivência representou um grande desafio, exigindo conhecimento teórico na área em questão, atitude comportamental com adequada postura com os demais estudantes, além de criatividade para elaborar ferramentas capazes de estimular a busca pelos discentes. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A experiência na monitoria me proporcionou, ainda na qualidade de acadêmico, importante crescimento pessoal e profissional, através de um proveitoso relacionamento interpessoal estabelecido entre a tríade docente-monitor-estudantes. Inclusive, o privilégio de ser monitor me propiciou a aproximação com a prática docente, sendo fundamental para minha descoberta na vocação docente. Espero continuar contribuindo de forma relevante através da minha dedicação a esta prática, apoiando, incentivando e estabelecendo troca de conhecimento com os estudantes, proporcionando, assim, benefícios mútuos.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.