ABORDAGEM EDUCATIVA COM GESTANTES DE ALTO RISCO SOBRE MITOS REFERENTES À GESTAÇÃO

Micheli Silva Alves, Bianca Espinosa dos Santos, Glenda Roberta Silva do Nascimento, Maria Claudely Alves Frota, Ana Beatriz Gomes de Souza Pegorare

Resumo


INTRODUÇÃO: A gravidez é uma fase muito especial para a mulher, onde ocorre um período de profundas transformações corporais e psicológicas, as quais podem gerar medos e dúvidas sobre o período gravídico puerperal. Além disso, a gestante precisa lidar com contos e lendas em que não se sabe até que ponto são mitos ou verdades. Deste modo, a ação teve como objetivo desmistificar certos contos populares, trazendo mais informações para a gestante, para que ela se sinta mais segura nesta fase. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: No intuito de melhorar a qualidade de vida das gestantes de alto risco, portadoras de Diabetes Mellitus Gestacional, o projeto PET-Saúde GraduaSUS, desenvolvido na maternidade do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian - HUMAP-UFMS, vem proporcionar ações de promoção e prevenção a saúde, na qual permiti trocas de saberes e experiências entre todos envolvidos no processo. A ação foi dotada de roda de conversa, cujo tema abordado foi Dos enjôos aos sinais do parto, em que retratou 43 assuntos que foram contestados por especialistas, alguns foram sobre: pintar o cabelo é contra indicado? Exercícios físicos durante a gravidez faz mal? Ficar em jejum diminui o enjôo? Muita azia é porque o bebê vai ser cabeludo? Sexo pode prejudicar o bebê? Se os desejos da grávida não forem satisfeitos o bebê pode nascer com algum sinal? Ë pele da grávida é propensa a manchas? Hidratação e controle de peso minimizam estrias? O pé pode crescer na gravidez? IMPACTOS: Durante a ação, as gestantes demonstraram conhecimentos sobre os mitos dos assuntos abordados e foram bem participativas, visto a vontade em debater os assuntos propostos. O conhecimento disseminado e as discussões criadas propuseram uma repercussão abrangente em relação ao dia a dia das gestantes, além de ter proporcionado interação entre todas do grupo, como conversar, discutir, entreter, falar em público, brincar, expor sentimentos e emoções, capacidade de escuta. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A ação teve enfoque em sanar algumas das dúvidas que surgem na gravidez, deixando os mitos para trás, obtendo então uma mudança do perfil das gestantes, e que deste modo, também possam propagar o conhecimento adquirido nesta ação. E, a atuação das acadêmicas nesta atividade foi de grande valor, já que a troca de experiências foi recíproca, mostrando então, que na educação popular em saúde realizada com respeito, não existindo quem sabe mais ou quem sabe menos, sendo apenas voltada para um conhecimento conjunto.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.