DIAGNÓSTICO DE FORMAÇÃO EM FISIOTERAPIA: ENADE, POR MEIO DE METODOLOGIA ATIVA

Angelise Mozerle, cinthia de Oliveira Sabadini, Cristian de Souza Freitas, Ivanise Caroline Silva dos Santos, Jorge Costa Neto, Mariza Aparecida Alves, Ruiter Farias

Resumo


INTRODUÇÃO: A nível nacional, atualmente, o desempenho de estudantes em formação profissional é submetido á análise qualitativa pelo Enade. O resultado desta avaliação pretende evidenciar a qualidade do curso frequentado. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Na tentativa de predizer a tendenciada formação dos discentes no curso de Fisioterapia do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais (Ipatinga) foi proposta uma atividade a ser desenvolvida em etapas. No período de agosto a novembro de 2016, os alunos do último ano do curso foram divididos aleatoriamente em oito equipes, cada uma direcionada á uma área: função locomotora, neurofuncional, recursos eletrofísicos, uroginecologia, ergonomia, cardiorrespiratória, dermatofuncional e suporte funcional adaptado; e, cada equipe foi direcionada a explorar o conteúdo manifestado nas edições anteriores do ENADE compatível com o tema norteador do grupo. Para tal, foram disponibilizados os cadernos de provas anteriores do Enade para leitura prévia. Com o recorte das questões específicas da área, cada grupo estruturou um glossário, exposto a posteriori aos demais, favorecendo o domínio da concepção da linguagem empregada. Seguiu-se uma nova etapa onde cada grupo, após distinguir as questões baseadas no Código Internacional de Funcionalidade (CIF), exibiu em plenária permitindo um rico debate . A primeira fase compreendeu também a elaboração de duas questões de conceitos gerais por cada equipe. Coroando esse projeto, realizou-se uma gincana, e, para esse fim formaram-se novos grupos de alunos, para que cada equipe tivesse representantes de cada um dos grupos anteriores. Na gincana, lançou-se mão daquelas experiências de todo processo. IMPACTOS: Por meio da metodologia ativa, o estudante da graduação passa a ser o agente de seu aprendizado, com isso o estímulo á crítica e reflexão são incentivados pelo professor que conduz a atividad. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O desempenho, ora evidenciado, permitiu identificar que o curso de Fisioterapia do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais proporciona uma boa formação acadêmica. Os discentes elogiaram a oportunidade, destacando a abordagem lúdica como uma forma muito interessante para visualização diferenciada de cada questão.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.