GINCANA QR CODE - APRENDENDO DE FORMA LÚDICA

Luciana Caetano Fernandes, Henrique Poletti Zani, Fabiane Alves de Carvalho, Elisangela Moreira Schmitt, Viviane Lemos Silva Fernandes

Resumo


INTRODUÇÃO: A palavra lúdico origina-se de ludus" que tem como significado jogo, ato de jogar, brincar. Porém o lúdico deixou de possuir apenas essa conotação de algo não construtivo e passou a ser reconhecido uma possibilidade de aprendizagem em diversos âmbitos. Preocupado em desenvolver novas metodologias de ensinagem que provoquem o interesse da geração Z, que vive conectada á internet, foi desenvolvido uma oficina de capacitação sobre metodologias lúdicas com os docentes do curso de fisioterapia uma IES no estado de Goiás. O objetivo deste trabalho é relatar a experiência dessa oficina de capacitação para docentes com uma das metodologias aprendidas, Gincana QR CODE, bem como verificar a utilização dessa ferramenta na aprendizagem dos alunos ao longo do semestre. . DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: A oficina gincana QR code para os docentes foi planejada abordando tema na área de biologia celular. Previamente foram elaboradas 20 questões do tipo verdadeiro ou falso, sendo que para cada questão foi gerada um QR code. Os QR codes foram distribuídos em diferentes locais da IES. Os professores foram orientados previamente a baixarem um aplicativo de leitor de QR code em seu smartphone. No início da oficina foi explicado que existiam códigos com perguntas e dicas de busca" do próximo código, espalhados na IES, como se fosse um mapa do tesouro. Para lerem os códigos deveriam usar o aplicativo do celular. . IMPACTOS: Participaram da oficina 16 docentes, que foram divididos em 4 grupos. Após responderem cada questão, o grupo somou os itens verdadeiros, sendo o resultado da soma, a senha para abrir um cadeado de um baú do tesouro". Todos os grupos participaram com entusiasmo, voltando a ser criança, pois muitos docentes correram para ganhar o prêmio do baú, competindo entre eles. Para concluir, os professores receberam treinamento sobre como gerar um QR code. Todos os docentes elogiaram a metodologia. Para avaliar o impacto dessa oficina na aprendizagem, no final do semestre, os docentes foram questionados se aplicaram o QR code, quatro docentes relataram ter usado e que a atividade foi excelente. Os alunos foram solicitados a estudarem previamente o assunto da gincana e que estavam entusiasmados de desenvolverem uma ação de aprendizagem fora de sala de aula. Além disso, os docentes relataram que houve um grande desempenho dos alunos nas questões da prova que abordavam o tema abordado da gincana. Alguns professores relataram ter dificuldade em montar os QR codes. . CONSIDERAÇÕES FINAIS: A metodologia mostrou-se efetiva e aprazível para os acadêmicos, pois confronta com o ensino tradicional, caracterizado por retenção de informação, disciplinas fragmentadas e avaliações que exigem memorização, e que pode levar os estudantes á passividade. No entanto, alguns docentes encontraram algumas barreiras no uso da ferramenta, fazendo necessário construir um passo a passo para ser entregue ao docente para que o mesmo vá se familiarizando com o uso metodologias ativas que utilizam tecnologia da informação. Novas oficinas com uso de metodologias ativas serão ofertadas aos docentes, com intuito de contribuir cada vez mais no processo de ensino e aprendizagem.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.