O JULGAMENTO SIMULADO COMO RECURSO PARA UTILIZAÇÃO DE METODOLOGIAS ATIVAS NO CURSO DE FISIOTERAPIA

Maurício Nunes Dourado Rocha, Cleber M. P. Sady, Cristiane C. Moreira, Ricardo G. de Aguiar

Resumo


INTRODUÇÃO: É crescente a conscientização de que metodologias ativas podem auxiliar no processo de aprendizagem, atribuindo significância ao processo e atingindo níveis superiores na pirâmide de Glasser. Ao mesmo passo, o ensino dos aspectos éticos deontológicos é fonte de preocupação dos formadores e operadores do sistema Coffito/Crefito. Juntar as possibilidades de contextualização das metodologias ativas com a necessidade de abordar significativamente a deontologia nos parece, então, um caminho natural. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Para realizar as oficinas de julgamento simulado, foi realizado levantamento de experiências similares pré-existentes e eleição das estratégias de abordagem que mantivessem diálogo mais próximo do público alvo. Ficou claro que esse modelo possibilitou a utilização de: Tutorias, Problematização, Arco de Maguerez, Auto/heteroavaliação, Role Playing (Interpretação), Flipped Classroom, Briefing e Debriefing, dentre outros, tendo o estudante papel central no desenvolvimento das ações do julgamento simulado. Ao ter que se deparar com uma situação problema, o estudante além das discussões, tem em mãos as resoluções e o código de ética como anteparo para verificar as infrações colocadas no papel. IMPACTOS: Tendo em vista essa abordagem, num espaço curto de tempo, o discente é capaz de se aproximar de muitos saberes necessários para sua formaçã. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As vantagens reconhecidas são evocar a aprendizagem ativa; aumentar o conhecimento, habilidades de comunicação, motivação, confiança e aprendizado afetivo; melhorar o pensamento crítico; diminuir ansiedade; permitir a aplicação de conhecimentos e habilidades e a possibilidade de errar em um ambiente seguro; cenários e situações problemas podem ser desenvolvidos de acordo com os objetivos do curso, por qualquer um dos envolvidos; permite um feed back instantâneo; Melhora o trabalho em equipe. Dessa forma, a utilização do julgamento simulado torna se um aliado importante como metodologia ativa para os docentes e discentes transitarem num tema tão instigante e necessário.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.