SIGNIFICANDO A MATERNIDADE PARA GESTANTES DIABÉTICAS POR MEIO DO PET- GRADUASUS

Micheli Silva Alve, Mirelli Sena Xavier, Ana Beatriz Gomes de Souza Pegorare, Leila Simone Foester Merey

Resumo


INTRODUÇÃO: A gravidez é um evento biologicamente natural, porém especial na vida da mulher e, como tal, desenvolve-se em um contexto social e cultural que influencia e determina a sua evolução e a sua ocorrência. Determinadas gestantes poderão apresentar maiores probabilidades de evolução desfavorável, tanto para ela como para o feto, constituindo o chamado grupo gestante de alto risco. Nas gestações complicadas pelo diabetes, a hiperglicemia materna é acompanhada por uma constelação de morbidades denominadas fetopatia diabética, sendo associadas a um maior índice de perda fetal. Esse processo gestacional caracteriza-se por ser extremamente complexo e diversificado, sendo essencial que se preste um cuidado á gestante e que possa compreend-la em sua totalidade. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Para início da nossa intervenção, solicitamos que as gestantes se organizassem em um círculo e começamos a realizar algumas perguntas por modo aleatório, onde os questionamentos foram: O que é a maternidade para você? Qual o sentimento em estar grávida? Como é a vivência de uma gestação de alto risco? Quais os principais cuidados que devem ser tomados? Logo em seguida, foi realizada uma educação em saúde deixando explicito como ocorre a gestação e suas implicações e de que modo pode surgir a Diabetes e seus cuidados. Esta ação foi realizada por meio do Projeto PET- Graduasus no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian-HUMAP pelas acadêmicas de Fisioterapia. IMPACTOS: Analisando os discursos das gestantes diabéticas, podemos perceber que há preocupação por parte das grávidas em se cuidarem, não obstante a dificuldade de seguir o tratamento e que, passado o impacto do diagnóstico, se sentem seguras e compromissadas com o bem estar da criança. Além disso, nos permitiu compreender o enovelado de sentimentos que afloram e o quanto é um momento único e especial a gestação para elas. CONSIDERAÇÕES FINAIS: A vivência da gestação de alto risco é uma experiência única. Assim, reafirma-se a importância de uma assistência humanizada, livre de intervenções desnecessárias, coerente com os preceitos normatizados pelos programas atuais direcionados á saúde da mulher, onde a integralidade é apontada como a grande aliada na qualidade da assistência prestada, tanto em nível hospitalar quanto na atenção básica.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.