UMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM NA DISCIPLINA DE ÉTICA E DEONTOLOGIA EM FISIOTERAPIA

Larissa da Silva M…Ller, Jessica Perez, Elisa Gabardo Lima, Ariani Cavazzani Szkudlarek

Resumo


INTRODUÇÃO: A disciplina de ética e deontologia em Fisioterapia é ofertada no primeiro semestre do curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Paraná. Os assuntos abordados estão relacionados com a moral, ética, bioética e deontologia. Se deu através de metodologias ativas, onde o aluno é o principal agente do seu aprendizado. Várias foram as atividades visando o conhecimento teórico-prático efetivo, considerando que estes são fatores determinantes para a formação do profissional fisioterapeuta. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Ao longo da disciplina diversas foram as formas de aprendizagem. As abordagens aconteciam semanalmente com base em artigos científicos, vídeos e conteúdos ministrado pela docente. A atividade que teve como objetivo a realização de um teatro sobre ética moderna e pós moderna; ciência e moral, proporcionou aos alunos profundas reflexões e pensamento crítico, além de ser uma forma lúdica e não cansativa de se aprender. No decorrer da disciplina a análise do antigo e atual código de ética de fisioterapia foi realizada através da paragrafação destacando os pontos mais importantes na prática cotidiana do fisioterapeuta evidenciando aplicabilidades do mesmo. Posteriormente os alunos elaboraram uma resenha crítica de ambos os códigos com a descrição dos pontos principais que foram incluídos e/ou alterados em relação ao anterior. Por fim a preparação de uma denúncia formal direcionada ao Crefito 8 onde um fisioterapeuta comete uma infração no código de ética e um teatro em que o profissional fisioterapeuta deveria agir frente uma situação antiética, fez com que o aluno desenvolvesse o senso crítico para sua vida profissional, que se inicia já na faculdade. Tais atividades visaram a efetividade do conhecimento acerca dos temas relacionado ao código de ética e deontologia da fisioterapia, visto que todo profissional tem o dever de cumprir e fazer cumprir o que está disposto no mesmo. IMPACTOS: De acordo com relatos e estudos de docentes durantes o XXVI Fórum Nacional de Ensino em Fisioterapia, alunos egressos da universidade não possuem o conhecimento mínimo acerca do código de ética da fisioterapia, o que resulta em inúmeros processos contra fisioterapeutas. Sendo de suma importância a abordagem do tema desde o início da formação acadêmica, tendo em vista que os atos infracionais podem ser cometidos já na graduação. CONSIDERAÇÕES FINAIS: As atividades propostas durante a disciplina foram importantes para a formação do pensamento crítico e a conscientização da importância do saber ético para a formação de um bom profissional fisioterapeuta.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.