PROJETO APLICATIVO POSSIBILITANDO EXPERIÊNCIAS DA FISIOTERAPIA NA GESTÃO NOS DIVERSOS SERVIÇOS DE SAÚDE

Rachel Cavalcanti Fonseca, Maria Letícia de Melo Lima, Maria Luíza da Silva Simões, Jonathas Rafael Gonçalves Luna Freire da Silva, José Luiz Pessoa de Moura, Ianka Maria Bezerra Cunha, Caína Marinho Patriota, Viviane Maria Patrício de Lucena Oliveira

Resumo


INTRODUÇÃO: O desenvolvimento de projetos integradores no âmbito dos cursos do UNIPÊ tem como finalidade de promover aprendizagem de forma interdisciplinar, ampliando a capacidade do aluno para relacionar, selecionar, organizar, priorizar, analisar e sintetizar temas e abordagens relevantes á sua formação. No sétimo período, a temática integradora é denominada gestão e planejamento aplicativo nos três níveis de atenção em Saúde. Neste período, o projeto integrador foi construído por meio das experiências vivenciadas pelos alunos durante as visitas técnicas aos serviços de saúde nos três níveis de Atenção em Saúde, envolvendo a rede de saúde do município de Cabedelo- PB. O projeto Aplicativo busca o desenvolvimento de capacidades para intervenção e transformação da realidade, gerando projetos reais (projetos aplicativos ou PA), os quais buscam serem: potentes, viáveis e factíveis. O instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês tem utilizado nas suas práticas educacionais a fim de permitir a integração entre a teoria e a prática e entre o mundo do trabalho e da aprendizagem. DESCRIÇÃO DA EXPERIÊNCIA: Neste semestre, o projeto integrador inseriu o projeto aplicativo associado ao plano de ação estratégico, possibilitando aos alunos, além das visitas técnicas e análise dos problemas encontrados, a capacidade de intervirem no problema por meio de estratégias viáveis e com a participação de toda a equipe de profissionais que atuam no serviço de saúde analisado. As etapas percorridas compreenderam: autorização do gestor para a realização da pesquisa; visita ao local e diálogo com os profissionais; aplicação do instrumento; análise dos problemas de cada serviço através de um roteiro de entrevista semi-estruturado; reunião com a equipe e docentes responsáveis pela atividade; seleção do problema a ser solucionado; construção do caminho metodológico para aplicar o projeto no local; intervenção do projeto aplicativo junto aos profissionais de saúde; reflexão da intervenção entre alunos de cada equipe e seus docentes responsáveis. IMPACTOS: Durante toda a construção do projeto integrador através da inserção da aplicabilidade, observou-se uma maior participação dos discentes e docentes no envolvimento da atividade proposta, bem como, interação e motivação dos profissionais de saúde e gestores dos serviços avaliados. Outro aspecto percebido foi á presença da liderança e trabalho em equipe entre os atores envolvidos nesta construção. CONSIDERAÇÕES FINAIS: No sentido de ampliar o potencial de produção de mudanças, é fundamental que as propostas de intervenção atendam requisitos de viabilidade em sua concretização. Para tanto, o projeto aplicativo contribuiu para o desenvolvimento do pensamento estratégico, para uma análise qualificada dos contextos que envolveram as práticas de saúde e, em especial, o processo de trabalho e gestão em saúde.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.