MORTALIDADE POR CÂNCER DE MAMA NAS REGIÕES DO BRASIL EM 2014

Isadora Oliveira Freitas BARBOSA, Shirley Daiane Sousa BEZERRA, Nívea Renata Oliveira MONTEIRO, Karen Tássia Façanha RAMOS, Maycon Sousa PEGORARI

Resumo


Introdução: A neoplasia da mama é o segundo tipo de câncer mais prevalente e a primeira causa de morte em mulheres no Brasil. Diante disso, faz-se necessário analisar as diferenças desta condição a partir da distribuição geográfica e indicadores sociais. Objetivo: Analisar os registros de óbitos por câncer de mama nas regiões do Brasil em 2014, considerando as variáveis cor/raça, faixa etária e grau de escolaridade. Métodos: Estudo ecológico, descritivo e atemporal. A partir da coleta de dados sobre os óbitos por câncer de mama feminino no Brasil, referentes ao ano de 2014, foram extraídos do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. Procedeu-se à análise dos dados pelos valores percentuais e taxa de mortalidade, a qual se deu pelo cálculo do coeficiente de mortalidade por causas, obtido pela divisão do número de óbitos pelo número da população residente em relação à raça/cor, faixa etária e escolaridade da população feminina. Resultados: No ano de 2014, Sul e Sudeste apresentaram os maiores coeficientes de mortalidade (17,3 por 100mil/hab. e 16,8 por 100mil/hab.). Em relação à cor/raça, a branca apresentou os coeficientes mais altos em todas as macrorregiões, com exceção do Nordeste, sendo a região sudeste com o mais elevado (20 por 100 mil/hab. Quanto à idade, o maior coeficiente médio foi encontrado na região Sul 118,4 por 100 mil/hab. na faixa etária de 80 anos e mais. Na variável escolaridade, observou-se que as mulheres das regiões Norte e Centro-Oeste com escolaridade entre 8 a 11 anos apresentaram maiores taxas de mortalidade 24,69 por 100mil/hab. e 22,34 por 100mil/hab. Conclusão: A análise dos dados permitiu observar o perfil epidemiológico, referente à cor/raça, idade e escolaridade, das mulheres que morreram em decorrência do câncer de mama feminino em 2014 nas regiões do Brasil, havendo influência das variáveis analisadas nas taxas de mortalidade por câncer de mana no Brasil.

Palavras-chave


Neoplasias da mama; Fatores de risco; Mortalidade.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.