A ATUAÇÃO DA LIGA ACADÊMICA DE FISIOTERAPIA CARDIOVASCULAR DA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (LIFICAR - UNB) DENTRO E FORA DA UNIVERSIDADE

Hugo Hilário dos Santos, Bruna da Silva Souza, Sara de Lira Mendonça, Mônica Rivelo Alexandre

Resumo


Introdução: A liga acadêmica de Fisioterapia Cardiovascular da Universidade de Brasília - UnB (LIFICAR - UnB), teve a sua implementação no ano de 2014 na plataforma Sistema de Extensão (SIEX - UnB), e fora registrada como uma ação de extensão da universidade, sendo primeira liga acadêmica a ser criada no curso de Fisioterapia da UnB, e inteiramente desenvolvida por acadêmicos. A LIFICAR tem como coordenadora e orientadora uma professora pós doutrora. A liga, mesmo sendo criada por alunos do curso de fisioterapia, busca a integração multidisciplinar das diferentes áreas da saúde, desse modo, possui ligantes de vários cursos da área da saúde. Desse modo, o objetiva-se relatar como é a atuação de uma liga da fisioterapia no meio acadêmico através vivências e experiências de seus projetos de pesquisa, ensino e extensão. Descrição: A LIFICAR possui atualmente 4 projetos de pesquisa e extensão, sendo eles, Ensino Médio: realiza-se mensuração de variáveis cardiovasculares e metabólicas de alunos do ensino médio, e realizando ainda palestras de prevenção em saúde; Eletrocardiograma: de forma gratuita, realiza eletrocardiogramas da comunidade, sendo que o projeto acontece duas vezes na semana, com a presença de um fisioterapeuta. Estresse Acadêmico: a LIFICAR busca verificar os impactos hemodinâmicos ocasionados pelo estresse acadêmico, tanto de alunos, como dos professores; e por fim Dança no Parque: busca verificar a existência de alterações significativas sobre o sistema cardiovascular e tratar essas alterações, por meio da terapia da dança em uma população de adultos hipertensos e normotensos. A atuação na área de ensino vem através da organização de eventos científicos, sendo eles, o Simpósio Multidisciplinar da LIFICAR - UNB, que este ano estará em sua terceira edição e o Ciclo de Seminários da LIFICAR - UNB, que já é realizado há dois anos. Estes eventos são realizados dentro da universidade, e vêm obtendo cada vez mais adesão dos alunos da própria universidade, e de alunos e profissionais externos à UNB. Impactos: Durante a atuação em eventos e projetos de pesquisa e extensão, é notável o envolvimento e companheirismo de cada membro da liga. Cada estudante tira proveito das vivências que são possíveis se obter dentro da liga, principalmente nas atividades de extensão, pois a experiência com o paciente é tardia dentro do curso de fisioterapia da UNB, e pela liga é possível ter esse contato antecipadamente, proporcionando uma melhor preparação para a vivência fisioterapeuta-paciente posteriormente. É enriquecedora a experiência como participante de uma comissão organizadora de um evento, tanto a nível acadêmico, quanto a nível pessoal. O estudante vivencia a importância da busca ativa da comunidade acadêmica do desenvolvimento de ações de extensão, ressaltando-se a necessidade de uma boa preparação e organização por parte dos membros envolvidos no evento. Considerações: As experiências vivenciadas durante as atividades de pesquisa, ensino e extensão proporcionam aos ligantes grandes oportunidades de obtenção de conhecimento, aproximação com a população, e crescimento acadêmico, incentivando a melhora de cada um como futuro profissional, independentemente da área de atuação, permitindo maior aprendizado e segurança, com ênfase no conhecimento a respeito do sistema cardiovascular.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.