A IMPORTANCIA DO VÍNCULO PARA EFETIVIDADE DAS AÇÕES DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE

Gabrieli Siqueira Magalhães, Giovanna Cristal Alcântara, Janaina Ávalos da Silva, Larissa Medina Rodrigues, Victória Borges Jussiani, Lais Alves de Souza Bonilha, Arthur de Almeida Medeiros,

Resumo


Introdução: Considerando a atual situação de saúde do país, que exige a formação de profissionais da área de saúde aptos a atender às necessidades de saúde da população, o curso de fisioterapia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul traz em sua matriz curricular as disciplinas Saúde e Cidadania (SACI), que transversalizam o currículo do curso do primeiro ao oitavo semestre, e tem como objetivo integrar as diferentes disciplinas do semestre, e, através das atividades teóricas e práticas, busca a qualificação da formação acadêmica e o desenvolvimento de habilidades, atitudes e conhecimentos necessários para o exercício da prática profissional. Descrição: As atividades da SACI III e SACI V, no primeiro semestre de 2018, foram desenvolvidas de forma integrada com grupos heterogêneos de acadêmicos matriculados nas duas disciplinas, sendo que cada grupo foi responsável pela identificação de um grupo populacional para o desenvolvimento de um projeto de intervenção (PI). O grupo Florescer", com o intuito de trabalhar com a população idosa, elaborou o PI para ser desenvolvido no Centro de Convivência do Idoso Eduardo Scheunemann (CCIES) que diariamente acolhe idosos com idade entre 60 e 100 anos para a realização de atividades físicas, lúdicas e sociais. As acadêmicas do grupo realizaram reunião com os idosos participantes para identificação dos temas de maior interesse que seriam discutido nos momentos de educação em saúde. A primeira intervenção foi planejada para a realização de uma roda de conversa sobre XXXX para identificação dos conhecimentos prévios e para esclarecimentos necessários, e em seguida foi planejado a realização de dinâmica de perguntas e respostas para avaliação e fixação do tema discutido. No decorrer da intervenção foi possível observar que a participação dos idosos não aconteceu como o esperado, e que muitos estavam dispersos. Na avaliação realizada pelas acadêmicas ao término da ação, identificaram que a falta de vínculo, por se tratar da primeira intervenção, pode ter contribuído para que a ação não tenha contemplado os objetivos em sua totalidade. " Impactos: Com a identificação da necessidade de criação de vínculo com os participantes foi possível adequar as ações a serem realizadas com as especificidades do grupo e reconhecer suas reais necessidades, colocando os mesmos como protagonista do seu cuidado e detentor de conhecimentos essenciais para melhora da qualidade de vida. Considerações: As atividades desenvolvidas ao longo do semestre foram momentos de aprendizado compartilhado entre estudantes, professores e os idosos do grupo, que contribuíram para o desenvolvimento de competências para a pratica profissional e que favoreceram a criação do vínculo permitindo a maior participação nas atividades desenvolvidas. A experiência proporcionou o conhecimento real das etapas para a realização de um projeto de educação em saúde.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.