ASSOCIAÇÃO DE CONHECIMENTOS DO MUNDO ACADÊMICO: AVALIAR, PRESCREVER E INTERVIR COM UMA CONDUTA FISIOTERAPÊUTICA INTEGRADA

Luana Emer, Letícia Bobato, Luiza Amaral Martins, Ana Carolina Brandt de Macedo, Raciele Ivandra Guarda Korelo, Talita Gianello Gnoato Zotz

Resumo


Introdução: Fragmentação de conteúdos teórico-práticos e dificuldades de integrá-los na formação curricular para a prática clínica baseada em evidências são os principais aspectos que permeiam as indagações sobre a ideal postura e conduta na formação fisioterapêutica. Assim, as disciplinas de Avaliação Fisioterapêutica, Cinesiofuncional e Recursos Termofototerapêuticos do quarto período de Graduação em Fisioterapia da Universidade Federal do Paraná, propuseram a realização da fusão dos conteúdos administrados e da vivência prática por meio de trabalho de campo. O objetivo dessa fusão foi facilitar, compreender e relacionar os diferentes métodos e técnicas de avaliação com a correta prescrição de exercícios e recursos terapêuticos, diante de um estudo de caso real atendido em uma clínica do município. Descrição: A atividade envolveu a aquisição de habilidades, durante o semestre letivo, para a realização da avaliação fisioterapêutica, prescrição e elaboração de planos de tratamentos a partir da progressão de exercícios adequada, assim como, discernimento na escolha dos diferentes recursos termofototerapêuticos e dosimetria baseados em evidências científicas, para obter como produto final um trabalho apresentado aos alunos e as professoras responsáveis pelas disciplinas. Para a elaboração deste, foi realizada uma visita a uma clínica de Fisioterapia da cidade de Curitiba - Paraná, onde foi observada a atuação do profissional fisioterapeuta frente às condutas de avaliação e prescrição fisioterapêutica, correlacionando de forma crítica e reflexiva, os fundamentos teóricos e práticos aprendidos em sala com o plano de tratamento vivenciado. Impactos: A experiência despertou um olhar crítico sobre a realidade da atuação fisioterapêutica, comparada à conduta e ao plano de tratamento proposto pela equipe de alunos, ambos embasados na literatura e em conhecimentos adquiridos na formação. Dentro dessa perspectiva, obteve-se uma reflexão acerca da importância da avaliação fisioterapêutica para determinação do diagnóstico cinesiológico funcional, essencial para a correta prescrição do plano de tratamento e utilização de recursos, firmando uma intervenção/atuação de maneira clara e precisa, baseada em evidências científicas. Considerações: Consoante ao exposto, a agregação dos três fundamentos teóricos/práticos refletiu na quebra do paradigma de um estudo fragmentado, já que, é indispensável a soma de todos os conhecimentos adquiridos ao longo do curso para futura prática clínica. Além disso, foram surpreendentes os relatos da turma diante das posturas tomadas por diferentes profissionais da área e a relevância de concretizar a qualidade de um ensino integrado, necessária para a formação e desempenho do profissional fisioterapeuta.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.