A IMPORTÂNCIA DA FISIOTERAPIA NO PRÉ-PARTO - UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Luisa Pedrada de Sousa, Leticia Guimarães Peyneau, Roberta Ribeiro Batista Barbosa

Resumo


Introdução: A presença do fisioterapeuta no acompanhamento do trabalho de parto tem grande importância na orientação e conscientização, para que a mulher desenvolva sua potencialidade, exigida no momento do parto, valorizando sua responsabilidade como gestante por meio do uso ativo do seu próprio corpo e consequentemente tornando-a mais segura e confiante. A fisioterapia tem outro papel fundamental no alívio da dor no trabalho de parto, que pode ser um importante obstáculo para a mulher, mas que com o auxílio necessário e a utilização de métodos corretos permite o relaxamento e que a mesma encare a dor de maneira mais natural. Descrição: A disciplina de Estágio supervisionado nos dá a oportunidade na graduação de passar por todas as áreas de atuação da fisioterapia, umas das áreas é a fisioterapia no pré-parto, dando ao aluno a possibilidade dentro da Maternidade Pró-Matre em Vitória, de vivenciar a prática fisioterapêutica na maternidade. Durante a prática, são realizados exercícios de conscientização diafragmática, mobilização pélvica e corporal, orientação para o processo do parto, além do suporte psicossocial. Não há fisioterapeutas no pré-parto nessa maternidade, porém vivenciando e auxiliando as gestantes, é possível observar com clareza por toda a equipe multidisciplinar a importância do fisioterapeuta na diminuição da dor da mulher além da diminuição do tempo de trabalho de parto e preparação da gestante para o momento de expulsão do bebê. Impactos: O intuito principal dessa pesquisa é ilustrar a importância da inclusão da fisioterapia no pré-parto e de disciplinas que priorizam a vivência do aluno com o meio prático, para auxiliar a equipe multidisciplinar e principalmente dar toda a assistência necessária para a mulher, para que todo o período de trabalho de parto seja reconhecido e memorável para a mãe, visando melhorar suas condições de saúde e a qualidade do parto. Considerações: A fisioterapia no pré-parto é de extrema importância, é possível concluir através disso que a inclusão da fisioterapia na equipe multidisciplinar é necessária para benefício da mulher e para melhorar a qualidade do parto.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.