IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS CIENTÍFICOS PARA A FORMAÇÃO EM FISIOTERAPIA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Erisvan Vieira da Silva, Camila Laís Menegazzi Giongo, Verginia Margareth Possatti Rocha

Resumo


Introdução: A disciplina de Saúde Ambiental, do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) é ofertada como Disciplina Complementar de Graduação (DCG) para o curso de Fisioterapia. Dentre seus objetivos visa promover a compreensão, por parte dos discentes, acerca das vantagens do saneamento ambiental na saúde das coletividades, reconhecendo o vínculo existente entre o saneamento e a promoção da saúde e prevenção da doença. Através desta disciplina, foi possível desenvolver trabalhos para submissão em eventos, representando o compromisso dos estudantes ainda na graduação em apresentar retorno à sociedade. A literatura destaca que a participação de acadêmicos em eventos científicos tem fundamental importância para a formação do futuro profissional, pois possibilita a integração de conhecimentos adquiridos nas disciplinas já cursadas, com as novas percepções obtidas em atividades extracurriculares; oportuniza, ainda, a expansão da capacidade intelectual, crescimento pessoal e atualização de saberes. Descrição: Os trabalhos desenvolvidos por intermédio da disciplina de Saúde Ambiental objetivaram apresentar o contexto das Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI) no estado do Rio Grande do Sul entre os anos de 2006 a 2016 e o gerenciamento de Resíduos Sólidos dos Serviços de Saúde (RSS) do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM), foram apresentados em um congresso internacional, com o tema Vigilância em Saúde: Ações de Promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento, na forma de apresentação oral. Ao decorrer do evento, sucedeu-se um espaço de discussão multidisciplinar, culminado pela participação de profissionais de diversos países e alunos de graduação e pós-graduação de variadas áreas. Impactos: Considerando-se a magnitude do evento, a apresentação dos trabalhos possibilitou uma rica discussão do tema através de diversas visões, fundamental para o desenvolvimento de habilidades de pesquisa, construção de saberes científicos e, ainda, instigou para a elaboração de novos trabalhos. Por conseguinte, aprimorou os conhecimentos teórico-práticos, o que contribui para formação integral do profissional fisioterapeuta, conforme evidencia a literatura. É importante ressaltar, também, o crescimento pessoal ao conseguir encarar o desafio de falar em público, elevando a autoconfiança dos acadêmicos para melhor expor seus conhecimentos. Considerações: Por conta disso, faz-se necessário o incentivo por parte da universidade para que os demais acadêmicos possam participar de eventos científicos que irão contribuir com uma formação mais rica e consistente. Conclui-se então, que os eventos científicos são fundamentais na formação acadêmica integral do profissional fisioterapeuta.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.