RELATO DE EXPERIÊNCIA SOBRE DISCIPLINA DE DIDÁTICA NO CURSO DE MESTRADO UFTM/UFU

Manoela Abreu, Diego Brenner Ribeiro, Luciane Fernanda Rodrigues Martinho Fernandes, Lilian Ramiro Felício, Carlos Fernando Ronchi, Dernival Bertoncello

Resumo


Introdução: Segundo Martinez-Lirola (2019), um papel da Universidade no século XXI, dentre outros, é formar profissionais capacitados a responder às demandas impostas pela sociedade. Nesse contexto, as Instituições que possuem cursos de pós-graduação necessitam mais ainda ter essa premissa em suas metas e, uma delas, é inserir a formação plena aos mestrandos, a fim de que possam exercer a prática de ensino superior de modo a ir ao encontro das necessidades atuais dos estudantes. O curso de Pós-Graduação em Fisioterapia Stricto Sensu, na modalidade associativa com as IES UFTM e UFU, possui um componente curricular de Didática, associado ao Estágio de Docência, com intuito de discutir as metodologias de ensino e sistemas de avaliação. São aulas teórico-práticas que visam preparar o mestrando para o estágio de docência e, futuramente, para exercício pleno como professor de ensino superior. Descrição: Durante todo o curso de Mestrado, em cada semestre, é ofertada a disciplina de Didática e Estágio de Docência, cuja ementa é tendo "O professor como pessoa em desenvolvimento e suas interferências no processo de aprendizagem; compreensão do papel das relações interpessoais como condição necessária e motivadora do processo de construção do conhecimento; o ato pedagógico de planejar, avaliar, ensinar e aprender, considerado como um processo integrado e vinculado às abordagens políticas, sociais e pedagógicas". São 12 horas de aulas teóricas que envolvem discussões sobre métodos de ensino, métodos de avaliação e sistematização do processo de ensino superior. Um docente é responsável pela disciplina formalmente (cada semestre ofertada em uma das duas IES envolvidas no Programa), bem como por essas horas de atividades em sala. A seguir, cada mestrando segue o semestre em estágio de docência, sob a supervisão de seu orientador. Ao final do semestre, o grupo retorna para uma atividade em sala a fim de discutir sobre as atividades desenvolvidas. Impactos: Após o período de estágio de docência, cada mestrando entrega um relatório, assinado por ele e seu orientador. A partir desse relatório, e também pela roda de conversa final, verificou-se, até o presente momento, a importância dessa disciplina no âmbito do curso de Mestrado. Os relatos dos mestrandos são de que inicialmente tiveram dificuldades com o enfrentamento da sala de aula, mas que, a partir da sequência do cronograma fechado com seu orientador, ganharam confiança e experiência para as aulas. Eles sempre referem também que os conteúdos discutidos previamente são importantes para que possam definir as metodologias de ensino e conseguirem aplica-las. Considerações: O curso de Mestrado UFTM/UFU iniciou suas atividades em 2016 e, portanto, já possui alguns egressos e que estão já em atividades de docências nas Instituições de Ensino Superior, tanto em Minas Gerais quanto em outros estados. Verificamos que a disciplina de Didática é essencial para que o mestrando exerça sua função de atender às demandas que os alunos trazem em sala de aula.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.