UNICIÊNCIA - O LÚDICO NA APRENDIZAGEM DOS ALUNOS DO 1º PERÍODO DE FISIOTERAPIA DE UMA IES PRIVADA NA CIDADE DO RECIFE

Renata Soraya Coutinho da Costa, Ana Paula Pimentel Cassilhas, Celina Cordeiro de Carvalho, Eleide Rosane Borba Lira, Isabele Albuquerque Alcoforado Ferreira, Janicleide Maria de Almeida, Tiago Lira de Melo, Elaine Maria Alexandre de Freitas Gomes

Resumo


Introdução: O projeto UNICIÊNCIA, foi realizado na 1ª quinzena de junho de 2018, na Universidade Salgado de Oliveira Campus Recife. Trata-se de uma atividade prática interdisciplinar do 1º período do curso de Fisioterapia, proposta no Projeto Político Pedagógico (PPC) do curso, que funciona com periodicidade semestral, mediante integração das disciplinas pertencentes a cada período letivo. A área temática trabalhada por todas as disciplinas do período inicial do curso foi "Sistema esquelético", e as disciplinas relacionadas contribuíram com os conteúdos obrigatórios a serem enfatizados pelos alunos, na apresentação. Descrição: A construção de maquetes, como ferramenta de ludicidade, nos primeiros períodos dos cursos da área de Saúde é interessante, pois traz a materialização do conhecimento, contribuindo na aprendizagem. Promover a busca do conhecimento em conteúdos teóricos básicos interdisciplinares do 1º período do curso de Fisioterapia, a fim de produzir uma maquete, com a orientação do professor, abordando a teoria interdisciplinar acerca dos mecanismos do "Sistema Esquelético". A turma foi subdividida em grupos de até 8 pessoas, os quais pesquisaram a área temática, tendo como base os conteúdos norteadores as disciplinas do 1º período: Biologia Celular, Biofísica, Corpo em Movimento e Histologia e Embriologia. Os alunos construíram e apresentaram uma maquete com diversos materiais reciclados, reaproveitáveis e/ou reutilizáveis, sendo avaliados por uma banca examinadora, composta por até 2 professores do referido curso. Cada grupo contou com a orientação do professor da disciplina, e a atividade valeu 5,0 pontos, a serem posteriormente acrescidos, com até 2,0 pontos atribuídos ao orientador, pela organização e participação do grupo na prévia pesquisa científica, escolha do material teórico utilizado e a construção da maquete. O processo avaliativo em grupo, com base na obtenção de 5,0 pontos, constou de critérios, como: organização do grupo, montagem e utilização da maquete, clareza, objetividade e fundamentação científica, uso adequado do tempo na apresentação, integração da equipe durante a apresentação, e argumentação em relação aos saberes apresentados. A pontuação complementar (3,0 pontos) foi adquirida através de avaliações inerentes a cada disciplina participante da atividade. Impactos: Com este projeto foi possível vivenciar diversos conteúdos específicos de cada componente curricular, como por exemplo, os tipos de alavancas existentes no corpo humano, norteado pela disciplina Biofísica, tema trabalhado por outro grupo, e sobretudo, vivenciar o pensamento crítico na escolha dos materiais reciclados, reaproveitáveis e/ou reutilizáveis para a produção da peça (maquete). Os eixos temáticos propostos pelo MEC, como Educação Ambiental e Saúde Pública foram bastante salientados, assim como a importância do exercício da socialização entre os alunos em um 1º trabalho em grupo, interdisciplinar, para construção da sua formação acadêmica. Considerações: Esta enriquecedora experiência, que relaciona a contextualização teórica à produção da peça de aprendizagem (maquete), permite o desenvolvimento de um corpo discente crítico com as necessidades do meio ambiente, sendo o momento oportuno para potencializar as discussões e construção de novos saberes e fazeres no que concerne ao processo formativo do profissional fisioterapeuta.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.