PROGRAMA DE ATENÇÃO MULTIDISCIPLINAR EM BUSCA DA REABILITAÇÃO E REINCLUSÃO DE INDIVÍDUOS PORTADORES DE LESÃO MEDULAR

Ericka Ellen Cardoso da Silva Diniz, Ingrid de Almeida Becerra Pérez, Raísa Lúcia de Araújo Monteiro, Jeane Constantino Pereira

Resumo


INTRODUÇÃO: Atualmente é um desafio para a sociedade promover a inclusão de pessoas com lesão medular, seja pelas barreiras arquitetônicas ou até mesmo pela dificuldade em ingressar no mercado de trabalho. Nesse sentido essas pessoas precisam de um acompanhamento interdisciplinar que lhe ofereçam um suporte que vá alem da dimensão saúde e que envolva uma reintegração social. A lesão medular é uma das formas mais graves entre as doenças incapacitantes, constituindo-se em um verdadeiro desafio para a reabilitação. Por diversas causas é possível se obter o comprometimento da medula espinhal, implicando assim a função dos músculos, dos membros superiores e/ou inferiores e tronco. OBJETIVOS: Apresentar a importância de uma equipe multidisciplinar na recuperação e reabilitação dos pacientes com Lesão Medular, que precisam de uma atenção mais completa sobre o tratamento de suas complicações. METODOLOGIA: O estudo possui uma abordagem descritiva mediante atividades implementadas no Programa de Atenção na Lesão Medular. Este programa conta com uma equipe de profissionais de saúde engajados para ajudar na re-adaptação dos indivíduos portadores de lesão medular através de orientações, apoio psicológico, uso de órteses, reabilitação urinária e sexual, reabilitação motora, orientação nutricional e treinamento das atividades de vida diária. Este estudo foi realizado a partir do número de pacientes atendidos na clínica escola de Fisioterapia da UFPB no ano de 2011. RESULTADOS: Nesse período de atividades vimos que a inclusão de outros profissionais de saúde no programa foi bastante importante. Muitos desafios e reflexões foram levantados, principalmente no que se refere a necessidade do apoio no desenvolvimento das atividades programadas. CONCLUSÃO: As atividades realizadas nesse projeto demonstraram integração existente entre o ensino e a extensão com as demandas da sociedade. Foi observado também a importância das atividades em grupo, pois a partir dela pôde-se haver uma troca de experiência,ganhar mais conhecimento sobre a melhora de sua condição de saúde.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Cadernos de Educação, Saúde e Fisioterapia foi avaliada como B2 na área de Ensino, B3 na área de Serviço Social, B4 nas áreas de Saúde Coletiva, Interdisciplinar, Enfermagem e Educação Física e B5 na área de Medicina II e Arquitetura, Urbanismo e Design no QUALIS/CAPES - Quadriênio 2013-2016.