Análise dos Projetos Pedagógicos de Cursos de Graduação em Educação Física na Ótica da Formação para o Campo Da Saúde Coletiva

Joao Agostinho Neto, Maria Carolina Gonçalves Dutra, Eleonora Nunes Oliveira, Cicera Luana de Lima Teixeira, Luciana Nunes de Sousa, Hudday Mendes da Silva, Maria do Socorro de Sousa

Resumo


A saúde coletiva é um dos campos de intervenção do profissional de Educação Física que vem se expandindo ao longo dos anos. Apesar disso, surgem preocupações quanto à formação inicial e as demandas exigidas no cenário de atuação. Com isso, o objetivo desta pesquisa foi analisar os projetos pedagógicos de cursos de graduação em Educação Física da Região Metropolitana do Cariri e as perspectivas de formação em saúde coletiva. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo documental, através de investigação e análise de projetos pedagógicos curriculares. A análise dos dados foi realizada a partir da técnica de análise de conteúdo e construção de categorias empíricas. Os resultados encontrados indicam que os currículos estudados pouco consideram a formação para a saúde coletiva e quando a consideram, relacionam com o campo escolar. Não existem práticas operativas no cenário pesquisado que favoreçam a aprendizagem e a construção de competências relacionadas à saúde coletiva. Deste modo, sugere-se que os documentos sejam atualizados para atender a demanda de formação para o campo da saúde coletiva de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação da Área da Saúde. Além disso, considera-se que novas investigações possam ser realizadas nas instituições visto que mudanças possam ter ocorrido ainda que não constem nos Projetos Pedagógicos de Curso.


Palavras-chave


Saúde Coletiva; Educação Física; Saúde

Texto completo:

PORTUGUÊS

Referências


Intervenção do Profissional de Educação Física e respectivas competências e define os seus campos de atuação profissional, Resolução nº 046/2002, Conselho Federal de Educação Física, (18 de fevereiro de 2002)

Manske GS, Oliveira D. A formação do profissional de Educação Física e o sistema único de saúde. Motrivivência [Internet], 2017 nov [acesso em 2019 dez 14] Florianópolis, v. 29, n. 52, [about 191-210 p.]. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2017v29n52p191

Santiago MLE, Pedrosa JIS, Ferraz ASM. A formação em saúde à luz do projeto pedagógico e das Diretrizes Curriculares da Educação Física. Movimento [Internet]2016 abr/jun [acesso em 2019 dez 20] Porto Alegre, v. 22, n. 2, [about 443-458 p.]. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/57988.

Oliveira RC. Educação física, saúde e formação profissional. Physis [Internet]. 2018 out [acesso em 2019 dez 14] vol.28, n.3. [about 1-4 p.]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s0103-73312018280302;

Neves RLR, Assumpção LOT. Formação e intervenção profissional em saúde pública: percepções de profissionais de Educação Física. Movimento (ESEFID/UFRGS) [Internet]. 2017 mar [acesso em 2019 dez 13] Porto Alegre, [about 201-212 p.].

Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/65321/41027

Universidade Federal de Minas Gerais [internet]. Pró-Reitoria de Graduação [acesso em 2019 mar 09] Projeto Pedagógico de curso. Disponível em: https://www.ufmg.br/prograd/arquivos/destaque/ppc

Araujo RAS. Currículo de formação docente em Educação Física: análise sobre as práticas, o estágio e as atividades complementares [Tese doutorado] / - Universidade Estadual do Ceará- 2018;

Bardin L. Análise de conteúdo. 4. ed. Lisboa: Edições 70, 2010;

Nogueira JAD, Bosi MLM. Saúde Coletiva e Educação Física: distanciamentos e interfaces. Ciência & Saúde Coletiva [Internet]. 2017 jun [acesso em 2020 jan 05] [about 1913-1922 p.]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232017226.23882015

Universidade Regional do Cariri (URCA). Projeto Político-pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação Física. Crato- CEARÁ, 2012.

Instituto Federal De Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) - Campus Juazeiro Do Norte. Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação Física. Juazeiro do Norte – CEARÁ, 2011

Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação em Educação Física em nível superior de graduação plena, Resolução nº 7, Conselho Nacional de Educação, (31 de março de 2004)

Pasquim HM. A Saúde Coletiva nos Cursos de Graduação em Educação Física. Saúde e Sociedade [Internet]. 2010 mar [acesso em 2020 dez 12] v.19, n.1: [about 193-200 p.]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-12902010000100016

Dessbesell G, Caballero RMS. Educação Física, currículo e formação para o campo da saúde: alguns movimentos possíveis. In: Wachs F, Almeida UR, Brandão FFF, editores, Educação Física e Saúde Coletiva: cenários, experiências e artefatos culturais. Porto Alegre: Rede UNIDA, 2016, p. 113-130.

Carvalho YM. Atividade Física e Saúde: onde está e quem é o sujeito das relações? Revista Brasileira de Ciências do Esporte [Internet]. 2001 Jan [acesso em 2020 jan 10] v.22, [about p. 9-21] Disponível em: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/409/335 2001

Ferreira HS, Sampaio JJC. Tendências e abordagens pedagógicas da Educação Física escolar e suas interfaces com a saúde. Leituras, Educação Física e Desporto, [Internet] 2013 Jun [acesso em 2020 jan 13]. v.192 [about 1.p]. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd182/tendencias-pedagogicas-da-educacaofisicaescolar.htm

Guimarães CCPA, Neira MG, Velardi M. Reflexões sobre Saúde e Educação Física Escolar: a visão dos professores. Revista Hipótese [Internet], 2015 nov [acesso em 2020 fev 04] v. 1, n. 4, [about 113-138. p]. Disponível em: http://www.gpef.fe.usp.br/teses/guimaraes_neira_velardi.pdf

Fonseca AS, Nascimento JV, Barros MVG. A formação inicial em Educação Física e a intervenção profissional no contexto da saúde: desafios e proposições. In. Nascimento JV, Farias, GO, editores, Construção da identidade profissional em educação física: da formação à intervenção. Florianópolis: ED. da UDESC, 2012, p.557-585. v. 2. – (Temas em movimento);

Pizani J, Barbosa-Rinaldi IP, Identidade dos cursos de licenciatura e bacharelado em Educação Física no Paraná: uma análise das áreas do conhecimento. Rev. bras. educ. fís. esporte [Internet]. 2014 dez [acesso em 2019 dez 05] vol.28, n.4, [about 671-682 p.]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1807-55092014000400671

Luz MT. Educação física e saúde coletiva: papel estratégico da área e possibilidades quanto ao ensino na graduação e integração na rede de serviços públicos de saúde. in: Fraga AB, Wachs F; Almeida, editores, Educação Física e Saúde Coletiva: políticas de formação e perspectivas de intervenção. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007, p. 09-16.

Tardif M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

Fraga AB, Carvalho YM, Gomes, Ivan M. Políticas de formação em educação física e saúde coletiva. Trab. educ. saúde [internte]. 2012 nov [acesso em 2020 fev 03] vol.10, n.3, [about 367-386 p.]. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1981-77462012000300002.

Batista PMF, Pereira AL, Graça ABS. A (re)configuração da identidade profissional no espaço formativo do estágio profissional. In. Nascimento JV, Farias, GO, editores, Construção da identidade profissional em educação física: da formação à intervenção. Florianópolis: ED. da UDESC, 2012, p. 81-111. v. 2. – (Temas em movimento);




DOI: https://doi.org/10.18310/2446-4813.2021v7n2p%25p

DOI (PORTUGUÊS): https://doi.org/10.18310/2446-48132021v7n2.3090g640

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Saúde em Redes (ISSN 2446-4813) foi classificada pelo Sistema Qualis-Periódico da CAPES no Quadriênio 2014/2016, período de sua criação, no estrato B1 na área de Ensino, no estrato B4 nas áreas de Enfermagem, Interdisciplinar, Psicologia, Saúde Coletiva e Serviço Social e no estrato B5 nas áreas de Geociências e Medicina II. A Saúde em Redes é indexada na Base LILACS.

Indexada no LatindexDiadorim; Google Acadêmico; DOAJ; COLECIONASUS